26/12/2009

PROGRAMA DE NATAL

No dia 24 de dezembro tivemos o nosso programa de Natal.
Louvamos, adoramos e celebramos o nascimento do Salvador Jesus.
Que o verdadeiro sentido do Natal esteja vivo e ativo no coração de todos!
Veja algumas fotos e também o último cântico: Noite Feliz!
Deus abençoe a todos.













.

video

INFORMATIVO DE JANEIRO E FEVEREIRO



CLIQUE NO INFORMATIVO PARA LER!

INFORMATIVO DE DEZEMBRO



CLIQUE NO INFORMATIVO PARA LER!

12/11/2009

LOUVORES CULTO DA FAMÍLIA - VÍDEO









A SEXUALIDADE E A IGREJA

Meu último artigo, "a homossexualidade e a igreja", provocou indignação. Um leitor desabafou: "Fica muito difícil para uma pessoa de bem, aceitar que Vossa Senhoria seja um pastor, um religioso e muito menos um cristão". Outro escreveu: "Pastor, ao invés de impor críticas homofóbicas, deveria pregar a tolerância e o amo fraternal". São opiniões sinceras, e creio que se estivéssemos frente à frene, haveria um clima de respeito mútuo quando a Constituição diz: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença".


APAGÃO: SEM LUZ?


Nesta última terça-feira a usina hidrelétrica de Itaipu, que é considerada a maior em operação no mundo, simplesmente parou de funcionar. Problemas ainda não esclarecidos deixaram 18 estados brasileiros e também o Paraguai ficarem parcialmente ou totalmente sem luz. O resultado foi o caos total, principalmente em grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Transporte público, segurança, hospitais, residências, comércios, tudo ficou às escuras. Toda a sociedade sofreu e ainda sofre com essa apagão, visto que algumas cidades estão sem água, pois a falta de luz afetou o abastecimento.


05/11/2009

ANTROPOLOGIA DE DEUS!


Morreu no domingo, perto de completar 101 anos de vida, um dos antropólogos mais famosos do mundo, o francês Claude Lévi-Strauss. Mesmo sendo uma pessoa conhecida mundialmente muitos, talvez, só ouviram falar dele essa semana, visto que os meios de comunicação fizeram o seu papel de divulgar.

O papel dos antropólogos (anthropos - homem ou pessoa; logos - razão ou pensamento) é o estudo dos agrupamentos humanos e à compreensão do sentido do comportamento do homem, considerando, em sua análise, as origens, o desenvolvimento e a construção das relações internas e externas destas sociedades.



A HOMOSSEXUALIDADE E A IGREJA

Semana passada saiu nos jornais a notícia: "Igreja Luterana da Suécia aprova casamento gay". Em agosto a Igreja Evangélica Luterana dos Estados Unidos (ELCA) já tinha ido mais longe. Deciciu que homossexuais ativos podem ser sacerdotes desde que "vivam uma relação homossexual duradoura e monógama". No entando, neste mês, na conferência do Conselho Luterano Internacional (ILC), 32 igrejas luteranas do mundo (incluindo a Igreja Evangélica Luterana do Brasil à qual faço parte) aproveitaram o encontro para emitir uma declaração. Que a união permanente de um homem e de uma mulher é o lugar onde Deus abençoa a sexualidade humana, e que a homossexualidade em qualquer situação é uma prática contrária a vontade de Deus. 


INFORMATIVO NOVEMBRO




CLIQUE NO INFORMATIVO PARA LER!

01/10/2009

CULTO DA FAMÍLIA

No dia 27 de setembro tivemos o Culto da Família. Além da bênção de estarmos na casa de Deus, também tivemos a alegria de termos a recepção por transferência da nossa irmã Taiele e também o Batismo da pequena Manuella. Outro momento também foi quando tivemos o momento das crianças ouvindo uma mensagem para elas, do jeito delas.
Que Deus seja sempre louvado na vida de todos.


Igreja


INFORMATIVO OUTUBRO




MERCADO DE TRABALHO


Comentário de Max Gheringer para Rádio CBN, falando sobre o mercado de trabalho:

Existem pessoas que realmente sabem dar respostas sábias às grandes questões sobre o mercado de trabalho. Aqui vai um pequeno resumo da entrevista com o famoso Reynold Remhn:


Primeira pergunta: Ainda é possível ser feliz num mundo tão competitivo?

03/09/2009

DAS PROFUNDEZAS DA CAMADA PRÉ-SAL

Nas comemorações do Dia da Independência do ano passado o governo anunciava a descoberta de petróleo na profunda camada do Pré-sal. Passado um ano, o assunto volta a ser foco dos noticiários.
O presidente Lula proclama uma verdade ao afirmar que “o Pré-sal é uma dádiva de Deus!” No entanto também é verdade que muitas camadas de corrupção sufocam o nosso ânimo e o nosso grito de alegria diante de tão rica descoberta.
Sabemos perfeitamente que os gananciosos, para meter a mão nessa riqueza situada a 7 mil metros de profundidade, não hesitariam em mandar muitos pobres coitados para 7 palmos abaixo do chão. Por isso a esperança do povo continua soterrada nas profundezas!
É preciso lembrar que o amor às riquezas é a raiz de todos o males (1 Tm 6.10). Por amor ao dinheiro muitos esquecem do “pão nosso” e priorizam o “pão meu”. Assim, castelos e mansões são construídos aos ricos e pequenas camadas de terra passam a cobrir indigentes que morrem de fome. 


DOR!


Qual dor que mais dói? Há alguma dor que não doa?
Não importa se é uma dorzinha no dedinho do pé, ou uma profunda dor de cabeça ou dente. Pode ser uma solidão a dor que sentimos. Estarmos sozinhos, abandonados, sem ninguém, isso machuca, fere a pessoa. A dor dor do parto também dói. Dizem que o homem não aguentaria esta dor. Porém, para todas as mulheres, a dor é recompensada quando seu filho ou filha está no seu colo.
Livros e mais livros já foram escritos sobre a dor e, cada dia, surgem novos tipos de dores. São dores físicas, psicológicas, emocionais, etc.


INFORMATIVO SETEMBRO



CLIQUE NO INFORMATIVO PARA LER MELHOR!

02/09/2009

INFORMATIVO AGOSTO






CLIQUE NO INFORMATIVO PARA LER MELHOR!




TEMPO


Você já utilizou alguma desculpa para não fazer algo ou ir em algum lugar?
Nós, brasileiros, somos especialistas em darmos desculpas. Se chegamos tarde no trabalho, dizemos que a culpa é do trânsito. Se não vamos numa festa, foi porque tínhamos outro compromisso.
Imprevistos podem acontecer e acontecem o tempo todo. O problema é que muitas vezes estamos tão acostumados a darmos desculpas que muitas vezes são “desculpas esfarrapadas”. Pequenas mentiras para justificarmos algo que não fizemos ou que deveríamos fazer ou que esquecemos.



DECEPÇÃO


O Brasil está passando por um período de turbulência muito grande. Se já não bastasse a questão da gripe A, da crise econômica mundial, da desigualdade social, entre tantas outras turbulências, ainda estamos enfrentando uma grave crise política.

Diariamente vemos notícias da crise existente no senado nacional e na política de um modo geral. Pessoas, que são representantes da população, estão envolvidas em escândalos quase que diariamente. 


A natureza confessional da IELB está baseada nos livros que formam o livro sagrado do Cristianismo, a Bíblia. Como exposição correta da Bíblia, a IELB subscreve uma série de documentos confessionais, reunidos no Livro de Concórdia, de 1580.

A IGREJA CRISTÃ é a comunhão dos santos, isto é, a totalidade de todos aqueles que crêem em Cristo como seu único Salvador. Essa é a Igreja Cristã invisível. É considerada invisível porque ninguém pode ver a fé do outro. Ela é invisível para os homens, mas não para Deus, pois "o Senhor conhece os seus" (2 Tm 2.19). Mesmo invisível, a presença da Igreja Cristã é reconhecida por sinais visíveis. Esses sinais são a pregação da palavra de Deus e a administração dos sacramentos do Batismo e da Santa Ceia. Dizemos, por isso, que a Igreja Cristã está presente onde é pregada a palavra e são administrados os sacramentos, pois a palavra de Deus jamais volta vazia (Is 55. 11). Cremos que a Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB) é fruto da graciosa e contínua ação do Espírito Santo, que operou através da palavra e dos sacramentos. A IELB é um conjunto de cristãos que confessam o nome de Cristo, conforme o claro ensino da Escritura. A IELB é, apesar de suas fraquezas e limitações, um instrumento de Deus para a edificação de seu reino em nossa Pátria. A IELB busca a verdadeira união da Igreja Cristã, que consiste na "preservação da unidade que o Espírito criou e opera", mantendo encontros e diálogos teológicos com outras igrejas. "Há somente um corpo e um Espírito... uma só esperança... há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, um só Deus e Pai de todos" (Ef 4. 4-6). Nesse sentido, a IELB busca refletir os reformadores luteranos e seus discípulos que reuniram os textos com os quais reafirmaram a verdade bíblica nas discussões teológicas em um livro chamado o Livro de Concórdia, de 1580. A IELB busca a comunhão e a unidade com outras igrejas com base nas Escrituras Sagradas, conforme foi exposta em suas verdades centrais durante a Reforma. Nesta busca, a IELB mantém a posição que o seu compromisso com a unidade externa com outras igrejas deve sublinhar e confirmar: o compromisso com a verdade bíblica, conforme expresso no Livro de Concórdia. Com isso, não julga a fé alheia, mas sabe que, onde a palavra de Deus está em uso, o Espírito Santo opera a fé. (Rm 16.17; Mt 7.15; Jo 9)

DEUS: Cremos, ensinamos e confessamos que o conhecimento natural que o homem possui a respeito de Deus é imperfeito e insuficiente para a salvação. Conhecimento correto e salvífico o homem adquire somente pela Escritura Sagrada, na qual o Deus verdadeiro: Pai, Filho e Espírito Santo assim se revelou e se quer adorado. Qualquer outro culto é idolatria e abominação ao Senhor.
Referências bíblicas: Rm 1.19-20; 2.14-15; Dt 6.4; Mt 28.19; Jo 5.23; 1 Co 8.4-8.

SER HUMANO: Cremos, ensinamos e confessamos que o ser humano foi criado por Deus conforme a imagem divina, a qual consistia em bem-aventurado conhecimento de Deus, perfeita justiça e santidade. Essa imagem se perdeu com a queda em pecado. Agora, o ser humano nasce com o pecado original, isto é, o pecado que herdamos de Adão, a completa corrupção de toda a natureza humana, agora privada da justiça original, inclinada para todo o mal e sujeita à condenação.
Referências bíblicas: Gn 1.27; 2.7; 3.1-16; Sl 51.5-15; Rm 5.12; Sl 143.3; Is 64.6.

JESUS CRISTO: Cremos, ensinamos e confessamos que Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Como Filho de Deus, gerado do Pai desde a eternidade, é, em todos os sentidos, igual ao Pai e ao Espírito Santo. Como verdadeiro homem, nasceu da virgem Maria. Nasceu sem pecados e é, em todos os sentidos, verdadeiro homem. Como nosso substituto, cumpriu a lei de Deus, padeceu por nossos pecados e, por seu sacrifício e morte, consumou a obra de reconciliação. Desceu ao inferno para mostrar sua vitória sobre todos os nossos inimigos. Jesus Cristo é o único Salvador da humanidade. Fora dele não há salvação. Jesus voltará ao mundo para julgar os vivos e os mortos.
Referências bíblicas: Jo 1.1; Mt 1.18-25; 1 Pe 2.22; 2 Co 5.19; 1 Jo 2.2; Cl 2.15; Rm 1.14; At 10.42.

BATISMO: Cremos, ensinamos e confessamos que o sacramento do santo Batismo foi ordenado por Jesus como meio da graça pelo qual o Espírito Santo "opera a remissão dos pecados, livra da morte e dá a vida eterna a quantos crêem." Pelo Batismo, as crianças recebem a fé e se tornam filhos de Deus e, aos adultos, o Batismo sela o perdão dos pecados. Enquanto alguém permanece na fé, desfruta as bênçãos do Batismo. O Batismo deve ser administrado uma vez só, em nome do Deus triúno: Pai, Filho e Espírito Santo.
Referências bíblicas: Mt 28.19; Tt 3.5; Mc 10.14; Mc 7.4; 16.16; At 22.16.

SANTA CEIA: Cremos, ensinamos e confessamos que, na Santa Ceia, o Senhor Jesus Cristo, de acordo com sua palavra, nos dá o seu corpo e sangue para remissão dos pecados. Os elementos materiais, pão e vinho, não se transformam em corpo e sangue. Mas por ordem e promessa de Deus, recebemos na Santa Ceia em, com e sob o pão e o vinho, o verdadeiro corpo e sangue de Cristo. Os que crêem, recebem-no para fortalecimento da fé. Os que participam sem arrependimento e fé, recebem igualmente o verdadeiro corpo e sangue de Cristo, mas para juízo. A Santa Ceia é a mesa do Senhor onde recebemos conforto e consolo. Ela nos dá o perdão dos pecados e nos fortalece na esperança da ressurreição.
Referências bíblicas: Mt 26.26-28; Mc 14.24; 1 Co 11.24-29.

MINISTÉRIO PASTORAL: Cremos, ensinamos e confessamos que o ministro pastoral é um ofício ordenado por Deus para administrar publicamente a palavra de Deus e os sacramentos. Os ministros não constituem uma classe especial de pessoas, como os sacerdotes do Antigo Testamento. Sendo todos os cristãos sacerdotes reais, ninguém tem o direito de sobrepor-se aos outros. Por isso, só o chamado de uma comunidade torna alguém um ministro. O ministro exerce publicamente as funções que todos os cristãos exercem em particular.
Referências bíblicas: At 6.2; 1 Pe 2.9; Tt1.5-7; At 20.17,28; 1 Co 14.34ss; 1 Tm 2.11.

PECADO: Cremos, ensinamos e confessamos que toda e qualquer transgressão da santa lei de Deus é pecado. Cada pensamento, palavra ou ato contrário à vontade de Deus é pecado. Cada pecado é rebelião contra Deus. O pecado é a causa de toda a miséria neste mundo. O homem é responsável diante de Deus e terá que prestar contas de sua vida. E Deus julgará todos. Referências bíblicas: Ez 18.20,30; Rm 8.7; 1 Jo 3.4; Gn 8.4; Hb 9.27; Rm 6.23.

EVANGELHO: Cremos, ensinamos e confessamos que Deus, em seu infinito amor, não abandonou os homens em sua ruína, mas resolveu salvá-los pela obediência, paixão e morte de seu Filho unigênito Jesus Cristo. O evangelho é a boa notícia dessa salvação. No evangelho, Deus oferece perdão dos pecados, vida e salvação a todos os homens. Todo o pecador arrependido, que confia nas promessas do Evangelho, tem o que estas palavras lhe dizem e prometem: perdão dos pecados, vida e eterna salvação.
Referências bíblicas: Jo 3.16; Rm 1.16; Gl 3.5; 2 Co 5.19.

CONVERSÃO: Cremos, ensinamos e confessamos que a conversão de um pecador compreende contrição e fé. A conversão não é mera reforma moral ou a resolução solene de corrigir a vida, mas é completa mudança de toda a vida do homem. É o renascimento espiritual do pecador. É uma transformação milagrosa, efetuada pelo poder do Espírito Santo, operada pelos meios da graça: palavra de Deus e os sacramentos. Sendo espiritualmente cego, morto e inimigo de Deus, o homem não se inclina a Deus nem pode dispor-se à graça ou aceitá-la. Por isso, a conversão é um ato exclusivo de Deus, no qual o homem é passivo. A essa graça, porém, o homem pode resistir. A Bíblia lembra que o homem é salvo unicamente pela graça de Deus mediante a fé em Cristo e que Deus quer a salvação de todos. O que é salvo, é salvo pela graça. O que se perde, perde-se por culpa própria.
Referências bíblicas: Jr 31.18; Jo 1.12,13; Rm 10.17; At 11.21; Ef 2.1,5.

FÉ: Cremos, ensinamos e confessamos que a fé salvadora não é simples assentimento aos ensinos da Escritura, mas a confiança de um pecador arrependido no perdão de Cristo. Tal fé não é um ato de obediência ou decisão da vontade humana, mas é um ato da graça divina como um presente. Mesmo sendo um ato divino, não é o Espírito Santo que crê em nós. Nós cremos. A pessoa que não tiver essa confiança em Cristo, não pode ser salva; permanece sob a escravidão de Satanás, sob a ira divina e caminha para a condenação infernal. Aquele que está em Cristo, é nova criatura e busca, sob a ação do Espírito Santo, estreita comunhão com o Salvador. Por contrição e arrependimento diários, afoga as inclinações pecaminosas de sua carne e, pela graça de Cristo, ergue-se diariamente para uma nova vida com Jesus. Luta diariamente com muitas fraquezas, mas busca a perfeição em Cristo, a qual gozará na eternidade em toda a sua plenitude.
Referências bíblicas: Tg 2.19; Is 55.6-7; Mc 1.15; Jo 1.12; 1 Co 12.3; Rm 10.7; At 16.31; Jo 3.36; Fp 3.14; Ef 4.15-16; Rm 12.1-3.

AS ÚLTIMAS COISAS: Cremos, ensinamos e confessamos que Deus determinou um dia, no qual julgará o mundo com justiça. Ninguém sabe quando será este dia. Naquele dia, Jesus voltará visível e glorioso. Céu e terra se desfarão. Todos serão julgados por Jesus. Aos incrédulos, Jesus dirá: Apartai-vos de mim, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus seguidores. Aos fiéis, que terão um corpo glorioso, dirá: Vinde, benditos de meu Pai e entrai no gozo de vosso Senhor que vos está preparado desde a fundação do mundo. Então serão criados os novos céus e a nova terra, nos quais habitará justiça.
Referências bíblicas: Jo 5.28-29; At 10.42; 1 Co 15.51-52; Rm 8.18; Mt 10.28; Is 66.24; Jo 19.25-27; Mt 26.31-46; 2 Pe 3.10-13; Ap 21.1-8

A Igreja Evangélica Luterana do Brasil - IELB - foi fundada no dia 24 de junho de 1904, na cidade de São Pedro do Sul, na região central do Rio Grande do Sul. São mais de 100 anos levando o Evangelho Salvador de Jesus Cristo pelo Brasil e também por diversos países.Mais informações, acessem o site da ielb: http://www.ielb.org.br/
Pastor Mateus Lange

Nascido em Nova Petrópolis - RS é casado com Viviane Lange. Formou-se no Seminário Concórdia de São Leopoldo - RS em julho de 2008. É pastor na Congregação Evangélica Luterana São Paulo-Mayas.